top of page

Pets e fogos de artifícios: como melhorar a situação

Durante as festas de final de ano, muitas pessoas adoram a experiência de ver os fogos de artifício iluminando o céu da noite. Porém, essa experiência geralmente não é tão prazerosa para os animais, principalmente nossos pets. Os cães, em especial, são mais sensíveis a barulhos muito altos e, por isso, momentos como o Ano Novo podem ser delicados.


Existem diversas razões pelas quais o seu cachorro se assusta com o barulho dos fogos de artifício, mas a principal é a sensibilidade da audição do seu amigo canino, atrelado a imprevisibilidade desse evento para eles. Sempre que chega a virada do ano, nós esperamos uma grande festa com fogos de artifício. Mas o seu pet não tem a mesma noção de tempo, por isso, ficam alertas e assustados quando escutam um barulho alto e estridente sem motivo aparente. O som e as luzes também ocorrem em intervalos irregulares, sem um padrão, por isso o som também é percebido como uma possível ameaça.


Por mais que não seja possível proteger totalmente o seu pet dos fogos de artifício, existem algumas coisas que podem ser feitas para amenizar o estresse nesses momentos. Pensando na saúde do seu pet no final de 2022, nós trazemos algumas dicas de como deixar essa experiência mais calma para o seu cachorro:


  • Pesquise com antecedência os eventos próximos de onde você estará. Mesmo que o seu cão não possa prever quando o barulho começa e de onde ele vem, você pode se preparar para oferecer apoio para o seu animal de estimação antes dos fogos de artifício começarem;


  • Deixe o seu cachorro dentro de casa. Não saia para passear ou deixe ele no quintal quando os fogos começarem, pois ele pode ficar muito agitado e correr com o susto do barulho. Nesse sentido, outra dica importante é colocar um microchip e uma coleira de identificação no seu pet, para caso ele consiga fugir seja mais fácil localizá-lo;


  • Crie um espaço seguro para o seu pet. Um cômodo pequeno da casa, de preferência sem janelas e onde o som chegue bem abafado, com os seus brinquedos e objetos favoritos. O ideal é organizar esse espaço com alguns dias de antecedência, para o seu cachorro se acostumar e associar esse espaço com um local seguro e legal;


  • Tente acostumar o seu pet ao som dos fogos, em um processo de dessensibilização. Essa técnica sozinha não irá funcionar, mas, junto com os outros esforços, pode fazer uma grande diferença. Algumas semanas antes do evento no qual você sabe que terá fogos de artifício, comece a brincar com o seu pet com um som baixo de fogos ao fundo. Ao longo de alguns dias aumente o volume aos poucos, mas crie uma experiência sempre positiva, dê algum biscoito que ele gosta;


  • Por último, quando os fogos começarem, não deixe o seu pet sozinho. Use a sua companhia para acalmar o ambiente, não grite ou faça movimentos bruscos. Ligue a tv, feche as janelas e cortinas se possível.


No caso de outros animais domésticos, como gatos, as dicas são bem parecidas. Dê um espaço seguro para o seu gato e não tente o tirar à força se ele não quiser sair. O aspecto principal para esses momentos é estar preparado e oferecer segurança e familiaridade para o seu pet quando ele precisar.


Fontes:

WHY SOME DOGS ARE MORE SCARED OF FIREWORKS THAN OTHERS. Insider. Disponível em: <https://www.insider.com/guides/pets/why-are-all-dogs-scared-of-fireworks>


HOW TO KEEP YOUR PETS SAFE DURING FIREWORKS. Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals. Disponível em: <https://www.rspca.org.uk/adviceandwelfare/pets/general/fireworks>


WHY ARE DOGS SCARED OF FIREWORKS? Purina. Disponível em: <https://www.purina.com/articles/dog/behavior/why-are-dogs-scared-of-fireworks#:~:text=The%20noise%20and%20unpredictability%20of,%2C%20panting%2C%20pacing%20or%20whining.>


Comments


Posts Em Destaque