top of page

Empresas brasileiras em busca das metas globais para desenvolvimento sustentável


A Natural Kingdom, empresa de bairro, localizada em Porto Alegre, compõe este novo perfil de empresas alinhadas com os Objetivos dos Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Organizações das Nações Unidas (ONU). A empresa atua através da sua reflexão em todos os elos na cadeia produtiva de produtos para animais. Sua preocupação vai desde a confecção/produção até o pós- consumo e descarte do produto. Além disso, essa reflexão também abrange os impactos ambientais e sociais gerados. Como resultados destes processos são gerados soluções e respostas internas na empresa em que o cliente, ao realizar a compra neste tipo de estabelecimento, estará incentivando e cooperando com esse novo perfil de empresa.

Conforme o Guia Exame de Sustentabilidade, o número de pessoas em situação de extrema pobreza caiu pela metade em todo o mundo neste século — bem como a proporção de subnutridos e a taxa de mortalidade de crianças com menos de 5 anos. Ainda assim, quase 1 bilhão de pessoas hoje vivem com uma renda de menos de 1 dólar por dia.

O mais amplo plano em escala global para mudar essa realidade está contido nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançado pela Organização das Nações Unidas em 2015. O documento é composto de 17 tópicos, desdobrados em 169 metas para 2030.

O papel das empresas, mais do que o dos governos, será fundamental. “Isso inclui investimentos pesados e uma profunda reconfiguração de sistemas produtivos e de mercado em escala gigantesca”, afirma Aron Belinky, pesquisador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (GVces), responsável pela metodologia do GUIA EXAME DE SUSTENTABILIDADE, maior levantamento de práticas de responsabilidade corporativa do Brasil.

Os dados desta 18ª edição do Guia EXAME indicam que o princípio de valor compartilhado — junção entre geração de lucro e de impactos positivos para a sociedade — vem se constituindo como ponto de partida para as companhias que almejam contribuir para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Neste ano, foram analisadas informações sobre a conduta das 173 empresas que responderam a todo o questionário preparado pelo GVces, que analisa as três dimensões da sustentabilidade — social, ambiental e econômica.

Fonte: Revista Exame

Posts Em Destaque